A equipe levará o nome Coritiba Monsters Basketball, em parceria com o clube Coritiba.  O Coxa não fará apoio financeiro, porém terá uma participação onde emprestará o nome e também, através da sua marca própria de uniformes esportivos, a 1909, que confeccionará o uniforme do Monsters.

O time será formado por jogadores de idade sub-20, os quais irão disputar a LDB (Liga de Desenvolvimento Basquete) e antes disso, os mesmos disputarão a série prata do campeonato paranaense. O objetivo principal de chegar a NBB tem uma projeção de ocorrer em 4 anos. Os jogos acontecerão, inicialmente, na quadra da Praça Oswaldo Cruz, com a possibilidade e abertura de ocorrerem nas dependências do Clube Thalia.

O grande nome por trás do projeto fica por conta de Rolando Ferreira Junior. Muito respeitado internacionalmente, o ex-atleta e medalhista de ouro no Pan de Indianápolis, primeiro jogador brasileiro a disputar a NBA pelo Portland Trail Blazers e atualmente é mestre em História e Sociologia do Esporte.

Outro ponto muito importante é de que um dos parceiros do projeto, a Associação Viver Mais, também promoverá a prática de basquete em cadeiras de rodas, com duas aulas semanais no bairro Xaxim. A ideia é que crianças, adolescentes e adultos que sofreram lesão permanente tenham a chance de recomeçar as atividades esportivas, inclusive com a possibilidade de figurar nas equipes municipais que disputam as competições principais da modalidade.

Link da matéria completa no site da RCC: https://redecoxa.com.br/coritiba-monsters/